Modelo Plus Size Americana, Moucha Mercilus conta sua história...

Olá , tudo bem?

Sou a Erika, nova colunista do Blog Plus For You e estou super ansiosa para compartilhar com vocês muitas idéias e novidades que estão por vir...

Foi pensando nisso que criamos esta nova coluna, Troca de idéias, que tem como proposta compartilhar experiências, informações e curiosidades sobre a vida de modelos, estilistas e diretores de grandes marcas plus size.

Nosso intuito é ajudar a todos os interessados na área, garantindo informações, ideias e expansão de conhecimento no setor.

È muito importante essa troca de informações e conhecimentos com outros profissionais da área e de outros países, para que possamos avaliar o andamento do setor de modo global.

Para estrearmos esta coluna chiquetérrima, trago as leitoras um pequeno bate papo, muito agradável que tive com a modelo plus size Americana Moucha Mercilius.

Neste bate papo, Moucha Mercilus conta como foi difícil, mas ao mesmo tempo interessante o início da sua carreira. "Devido a falta de experiência no mercado da moda, tive que buscar sozinha conhecimento e informações para entrar na área", diz Moucha.

Suas grandes inspirações foram as modelos Lisa Scott, Emme, Fluvia Lacerda, Naomi Campbell, Linda Evangelista, e Cynthia Bailey.

De acordo com sua avaliação a moda plus size no mundo está crescendo, mas ainda existe um longo caminho a percorrer, um exemplo é uma das maiores redes de lojas de departamento do mundo, ZARA, um lugar onde todos os tipos de mulheres podem encontrar estilos da moda contemporânea, porém ainda não se encontra roupas de todos os tamanhos.

Pergunto a Moucha como está o mercado e as oportunidades de uma modelo negra nos Estados Unidos e o que deve ser feito para melhorar a inclusão do negro no mercado da moda. Sua resposta não foi nada diferente do que vemos e ouvimos das modelos negras brasileiras. "Oportunidade escassa! Ver uma modelo negra trabalhando já é raro, ver duas modelos, por exemplo, no mesmo trabalho não é nada comum", diz Moucha.

“ Eu sinto que os consumidores têm que começar a exigir isso. Quero dizer isso para todas as mulheres que compram roupas é uma questão de oferta e demanda. Se as pessoas exigem isso, uma hora vai acontecer! O dólar na mão de um negro é tão forte quanto o dinheiro na mão de um branco, dólar é dinheiro que não tem cor , portanto, deve haver mais inclusão de todos os tipos de mulheres.” (conta Moucha)

A modelo conta que antes tinha baixa auto-estima, mas com o passar do tempo, foi aprendendo a se amar e ficar mais confiante daquilo que é. “Eu sou um trabalho em progresso! “ Diz ela que tem dias em que não se sente bonita, mas a cada dia que acorda, pensa que pode inspirar alguém e é isso que te dá força e que vai além de suas inseguranças. Ela afirma que sua melhor experiência de trabalho foi na TV, ela se sentiu feliz, por ter capacidade de representar a mulher plus size num programa nacional.

Moucha diz que não conhece o Brasil e nunca fez um trabalho fora do seu país. Isso é um dos seus projetos futuros, conseguir um contrato internacional ainda este ano. Deseja viajar pelo mundo, e realizar o seu próprio projeto de caridade para mulheres jovens.

Bom, espero que tenham gostado.

Não esqueçam de deixarem seus comentários, elogios, críticas e sugestões, afinal este canal é para voce.

0 visualização
  • PLUS FOR YOU ROUPARIA FACEBOOK
  • PLUS FOR YOU ROUPARIA INSTAGRAM

© 2015 by Projeto Clic